Território Manuel Botelho

Duarte Belo

Fazemos uma viagem imersiva pela arquitectura de Manuel Botelho, percorremos uma parte significativa da sua obra construída. Quando, mais tarde, procuramos uma imagem-síntese, deparamo-nos com uma impossibilidade: mais do que uma representação de uma obra arquitectónica, estamos perante uma cidade, uma paisagem. Há aqui uma obsessiva exploração do desenho, do detalhe, de algo que em cada projecto é irrepetível e nos surpreende. Na materialização desta arquitectura notamos uma ideia de procura permanente. Volumetrias, planos, vãos, espaços de circulação e de pausa, texturas, campos de visão, luz. Mas há algo que continuamente nos escapa na tentativa de apreender esta realidade. Como na complexidade imensa de uma cidade, encontramos em Manuel Botelho um território de espanto.

Museu da Paisagem, Duarte Belo e Manuel Botelho 2022 / autor: Duarte Belo / textos: António Neves, Bruno Baldaia, Carlos Maia, Duarte Belo e Manuel Botelho / fotografia: Duarte Belo / 205×255 / 208p / PT / design: Mariana do Vale e Rita Gaspar / isbn: 978-989-54497-8-1

24.00

Em stock

EasyPay

Colecção Manuel Botelho